VISTO

Os cidadãos de países que requerem um VISTO para entrar na Itália podem se inscrever e frequentar um curso desde que tenham visto para TURISMO (para estadias até 90 dias) ou para ESTUDO (indispensável para períodos superiores a 90 dias).
Antes de se inscrever num dos nossos cursos, pedimos-lhe que contate a representação diplomática italiana ou o Consulado mais próximo do seu local de residência para obter informações precisas e atualizadas. Abaixo indicamos os requisitos necessários para poder iniciar o procedimento de pedido de visto.

Lembramos também que um visto não é considerado um direito, mas sim uma “concessão” e que, por isso, a sua questão está ao critério de cada consulado, que se reservam o direito de pedir documentação suplementar além da documentação padrão.
Em caso de recusa de concessão de visto, o Consulado deve fornecer ao interessado uma justificação escrita, juntamente com informações sobre a forma de recorrer. A justificação deve ser traduzida numa língua compreensível para o requerente ou, na sua falta, em inglês, francês, espanhol ou árabe.
Em alguns países demora muito tempo para obter um visto e, por isso, é aconselhável contatar os Consulados o mais rapidamente possível.
Na ausência de uma Representação Consular Italiana, o visto para o TURISMO pode ser emitido pelo Consulado de qualquer país que tenha aderido ao Tratado de Schengen. Neste caso, sempre que possível, o pedido de visto deve ser apresentado à Representação do País de destino no “espaço Schengen”.
O visto para ESTUDO só pode ser emitido pelo Consulado Italiano (ou pela Seção Consular da Embaixada italiana) competente no país de residência do requerente.

COMPARTILHAR NO

Facebook
Twitter
Pinterest
WhatsApp
Email

Depoimentos

Leia
Leia sobre a experiência dos nossos alunos.

Facebook

Instagram

Subscreva o canal!